LAUDO DE ILUMINAÇÃO E SINALIZAÇÃO DE EMERGÊNCIA

CRICIÚMA E REGIÃO

LAUDO_DE_ILUMINAÇÃO_DE_EMERGÊNCIA.png

•SOBRE

    O Laudo do Sistema de Iluminação e Sinalização de Emergência é o documento que atesta que determinada edificação possui o sistema de iluminação e sinalização de emergência com luminância conforme a respectiva legislação vigente.

 Neste Laudo consta várias informações, principalmente aquelas que garantem boas especificações de execução e detalhamento dos trechos que foram realizados. Deve-se utilizar equipamento certificado para elaboração do laudo técnico.

      A GasFire Sistemas Contra Incêndio possui mão de obra especializada para atuação em Sistemas de Iluminação e Sinalização de Emergência, sendo referência em todo Brasil e América do Su, além de fornecer materiais certificados e testados.

•AUTONOMIA

     O sistema de iluminação de emergência deve garantir a intensidade dos pontos de luz de maneira a respeitar os níveis mínimos de iluminamento desejado e cumprir o objetivo. O sistema não poderá ter uma autonomia menor que 1 h de funcionamento, com uma perda maior que 10% de sua luminosidade inicial.

      Em casos específicos, o tempo de funcionamento pode ser prolongado pelos órgãos competentes para cumprir com as exigências de segurança a serem atingidas. Recomenda-se que em regiões com problemas de fornecimento de energia elétrica pela rede local, a autonomia mínima seja compatível com os períodos de falta de energia da concessionária. Para edifícios superiores a 10 andares ou locais com área superior a 1000 m2 , com grande ocupação ou circulação de público, cuidados especiais devem ser tomados para garantir a evacuação.

      Pode ser elaborado um projeto com iluminação parcial nas áreas de maior movimento e para outras áreas, prever chaves de liga manual e desligamento automático com temporizador, para diminuir o consumo de energia da bateria.

•LAUDO DE ILUMINAÇÃO

      Na Conclusão das Instalações do Sistema de Iluminação e Sinalização de Emergência deve ser elaborado uma laudo técnico do sistema, com o respectivo TRT - Termo de Responsabilidade Técnica (antiga ART) do Técnico responsável pela instalação.

     Em toda inspeção ou vistoria da rede de prevenção contra incêndio deve ser analisado itens como resistência, peças/conexões vencidas, funcionamento da central de baterias, teste de luminância para verificação de conformidade com o calculado em PPCI - Projeto de Prevenção e Combate ao Incêndio, entre outros itens.

    No Laudo Técnico deverá ser fornecida todas as informações, inclusive sobre nível de iluminação, garantia e manutenções realizadas no Sistema de Iluminação e Sinalização de Emergência, em seguida deverá ser entregue ao órgão fiscalizador, normalmente Corpo de Bombeiros, sendo que a outra via deverá ficar com o contratante.

ILUMINAÇÃO_DE_EMERGENCIAA.png

•NORMAS REGULAMENTADORAS

    As Normas regulamentados do Sistema de Iluminação e Sinalização de Elergência, normalmente são as seguintes:

-Normas do Corpo de Bombeiros;

-NBR 10898 - Sistema de iluminação de emergência;

-NFPA 110 - Standard for Emergency and Standby Power Systems.

•ENTRE EM CONTATO

     Para mais informações e/ou orçamentos, entre em contato conosco, temos a melhor solução para você e sua empresa em Instalações, Manutenções e Laudos de Sistema de Sinalização e Iluminação de Emergência.

Atendimento pelo número +55  (47) 9.9929-9050.

•MANUTENÇÕES

       As Manutenções no Sistema de Iluminação e Sinalização de Emergência são de extrema importância visto que possibilitam garantir o funcionamento do sistema em áreas específicas as quais encontram-se danificadas. Deve-ser fornecido o laudo da rede dos sistemas de iluminação e sinalização de emergência, a fim de que se possa verificar os dados técnicos de funcionamento do mesmo. Manter as manutenções em dia possibilita maior segurança contra o incêndio, bem como a edificação e aos ocupantes da mesma,

-Atendemos Criciúma

e região.

Aplicação em fundo preto.png
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

+55 (47) 9.9929-9050

   Atendemos todo  Brasil , SC-  Balneário Camboriú, Camboriú, Itajaí, Itapema, Navegantes, Barra Velha, Florianópolis, Palhoça, São José, Biguaçu, Criciúma, Joinville, Balneário Piçarras, Chapecó, Blumenau, Brusque, Gaspar, Indaial, Pomerode, Timbó, Caçador, Curitibanos, Tijucas, São Francisco do Sul, Araquari, Jaraguá do Sul, Schroeder, Guaramirim, Bombinhas, Porto Belo, Itapoá, Lajes, Mafra, São Bento do Sul, Rio do Sul, Canoinhas, Nova Trento, Urubici, Erechim, Pato Branco, Laguna, Tubarão, Rodeio, PR - Paranaguá, Guaratuba, Matinhos, Curitiba, São José dos Pinhais, Araucária, Ponta Grossa, Guarapuava, Maringá, Londrina, Almirante Tamandaré, Pinhais, Lapa, São Paulo, Guarulhos, Guaíba, São Mateus do Sul, Siderópolis, Governador Celso Ramos, Canelinha, São João Batista, Cocal do Sul, Urussanga, Corupá, Anitápolis, Braço do Norte, Botuverá,, Porto União, União da Vitória, Gramado, Canela, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Esteio, Bento Gonçalves, São Francisco de Paula, Lajeado, Garibaldi, Passo Fundo e todas as regiões.